fbpx

Novidades

Nada Gogo: os segredos da região que é a maior produtora de saquê do Japão

Life by Vivara apresenta Life Shambalas

Santuário do Caraça é destino para estudantes de todo o país

Delta Air Lines anuncia acordo com IBM para experiência em computação em nuvem e plataforma de nuvem híbrida com a Red Hat

Nova cor da S 1000 RR chega ao mercado brasileiro

Montblanc anuncia Marco Tomasetta como diretor criativo

Elevando o conceito spa e relax, “Lush in the sky” investe em nova experiência convidando os hóspedes a dormirem nas nuvens

Universo do vinho chega ao Club House com bate papo mediado por especialistas

Blue Tree Hotels oferece serviços especiais para o Dia da Noiva

Land Rover anuncia modelo 2021 do Range Rover Velar com novo motor, design premiado e mais tecnológico

Ergonomia no Home Office: como preparar sua mente e espaço de trabalho para uma jornada mais produtiva

Do mar da Bahia para o mundo: Em formato digital e inédito, Camarote Salvador promove show histórico de Vintage Culture

Hotel Doral Guarujá firma parceria com L'Occitane

Palácio Tangará é o refúgio perfeito para staycation em São Paulo

Four Seasons reinventa seus restaurantes durante a pandemia e conquista 27 estrelas Michelin

BMW Rider Experience promove live com Bruno Corano

Ilha da Madeira radical: muita adrenalina no destino português

Sucesso na quarentena, delivery de bomboniere premium "Cinerama Gourmet" inaugura loja física em São Paulo

Experiências pet-friendly no Caribe

3 lugares imperdíveis para visitar na Patagônia Argentina

A história de Shangri-La e a raposa

Destaques / Homepage / LifeStyle / Todos / 19/08/2014

Assim como no filme da Disney “O cão e a raposa”, uma história de amor improvável entre um hotel moderno e um animal selvagem, aconteceu no meio da construção do recém inaugurado Shangri-La Hotel, em Londres. Em 2011, durante as obras do Hotel uma raposa conseguiu subir até o 55º andar do edifício, onde viveu por duas semanas até que a equipe de construção a encontrasse e conseguisse resgatá-la.

O animal sobreviveu de restos de comida deixados pelos trabalhadores e após ser capturado, foi levado para o “Riverside Animal Centre” no bairro de Wallington – Londres. Lá ele foi devidamente alimentado, limpo e recebeu outros cuidados. Após sua recuperação, a raposa foi solta nas ruas de Bermondsey, também em Londres.

Com todos estes acontecimentos, o hotel se “apaixonou” pelo bichinho, resolveu adotá-lo como mascote e o nomeou de Romeo – famoso personagem de Shakespeare – em homenagem ao Globe Theater de Londres, próximo ao hotel .

A pequena raposa ganhou uma versão de pelúcia que é vendida no Shangri-La Londres como souvenir por £10 e o valor arrecadado é doado para uma instituição de caridade local. Esta história ilustra casos de amor entre hotéis e animais, que, aliás, acabam se tornando curiosas lendas, como a esnobe e arisca gata angorá Matilda, que por muitos anos teve uma “suíte” no lobby do icônico hotel The Algonquin, em Nova Iorque.

É irresistível o apelo que mascotes em versões de pelúcia representam para crianças em resorts. Que o diga a Disney com seus Plutos, Mickey’s, Patetas, Pato Donalds e Minnies. No Brasil, para atrair os hóspedes mirins do empreendimento, o Mussulo by Mantra, localizado no Litoral Sul da Paraíba, criou inclusive, uma linha de mascotes Mussulo. Caracterizados como elefante, zebra, girafa, leão e flamingo, os cinco personagens representam a fauna africana, inspiração e cultura do Mussulo Resort by Mantra.

Na rede Estanplaza, um curioso mascote brasileiro também é usado para caracterizar a hospitalidade tupiniquim: nada menos que a arara azul, conhecida por sua sociabilidade e vida em bando.

Mas sem dúvida, o caso de amor da raposa com o hotel Shangri- La é fato memorável e prova viva de que animais em geral, sempre exercem fascínio sobre pessoas ,  e que humanos e “pets” ainda têm uma longa história de amizade pela frente.

———————————————————————————————————————————————————————————————————————-

The story of Shangri-La and the fox

Just like in the Disney movie “The dog and the fox,” an unlikely love story between a modern hotel and a wild animal, it happened in the middle of building the newly opened Shangri-La Hotel in London. In 2011, during construction of the Hotel a fox managed to climb to the 55th floor of the building where he lived for two weeks until the construction team to find and could rescue her.

The animal survived for scraps of food left by the workers and after being captured, was taken to the “Riverside Animal Centre” in the neighborhood of Wallington – London. There he was properly fed, clean and received other care. After his recovery, the fox was loose on the streets of Bermondsey, also in London.

With all these events, the hotel is “in love” by the bug, decided to adopt him as a pet and named him Romeo – Shakespeare’s famous character – in honor of the Globe Theatre in London, close to the hotel.

The little fox won a plush version that is sold in Shangri-La London as souvenir for £ 10 and the money raised is donated to local charity. This story illustrates love affairs between hotels and animals, which, incidentally, they become curious legends as snobbish and skittish cat Angora Matilda, who for many years had a “suite” in the lobby of the iconic The Algonquin Hotel in New York .

It is the irresistible appeal that in versions plush mascots to represent children in resorts. That tell their Plutos with Disney, Mickey’s, Stooges, Minnies and Donalds Duck. In Brazil, to attract the teenage guests venture, Mussulo by Mantra, located on the South Coast of Paraíba even created a line of mascots Mussulo. Characterized as elephant, zebra, giraffe, lion and flamingo, the five characters represent the African wildlife, culture and inspiration Mussulo Resort by Mantra.

In Tryp network, a curious Brazilian mascot is also used to characterize the tupiniquim hospitality: nothing less than the hyacinth macaw, known for their sociability and life flock.

But without doubt, the love affair with the fox hotel Shangri La is indeed memorable and living proof that animals in general, always exert a fascination on people, and that humans and “pets” still have a long history of friendship ahead .


Tags:,



Elite Magazine
A Revista Elite há 18 anos cria e acompanha as tendências do mercado de luxo.




Post Anterior

Equipe Mitsubishi Petrobras faz último shake down com os carros

Próximo Post

Presidente da TAM é a convidada especial do seminário LIDE Mulher





Você também pode gostar de



0 Comentários


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais histórias

Equipe Mitsubishi Petrobras faz último shake down com os carros

A Equipe Mitsubishi Petrobras fez na última segunda-feira, 18, o último treino antes do Rally dos Sertões, que começa...

19/08/2014