fbpx

Novidades

Desafio entre chefs do Brasil e do Uruguai desvenda os segredos das receitas típicas

Gastronomia / Todos / Viagens / 15/07/2020

Últimos episódios das lives organizadas pelo Ministério de Turismo do Uruguai, 22 e 28 de julho, contarão com receitas de chefs celebridades uruguaias e premiados profissionais brasileiros

Finalizando o projeto entre chefs, com as duas últimas lives (22 e 28 de julho – às 19h), o Ministério de Turismo do Uruguai convida aos brasileiros a visitarem duas receitas icônicas do universo da casa uruguaia, da época “da vovó”, fáceis e práticas de fazer.

Para o próximo desafio, organizado para o dia 22 de julho, às 19h, foram convidados o chef uruguaio, Lucas Fuente (@lucasfuente), – comandante do espaço de cozinha participativa, La Obreria – @laobreria, em Montevidéu e autor do livro “Simples. Confeitaria para fazer em casa” (em espanhol “Simple, Pasteleria para hacer en casa”) -, desafiou o chef brasileiro Ricardo Daudt – vencedor da 4ª temporada do programa BAKE OFF, transmitido pelo SBT em 2018, e autor do livro “Confeitaria Sem Mistérios” – a executar uma doce e apaixonante receita.

Os chefs brasileiros reproduzirão as receitas diretamente de suas cozinhas, transmitidas ao vivo via “live” pelo Instagram Uruguai Natural (@uruguainatural). A próxima receita será o “alfajor”.  O alfajor está presente em cada esquina do vizinho e nós brasileiros nos derretemos por eles quando estamos por lá, principalmente quando ele é feito de doce de leite uruguaio. Pois é! Essa delícia que estará entre as receitas dessa fase do ciclo gastronômico é uma das especialidades do chef Lucas.  A última receita a ser executada será a Pascualina, no dia 28 de julho, também muito tradicional no país está presente na mesa da família uruguaia.

 

O Alfajor

O alfajor é de origem árabe e foi adotado no Rio da Prata e melhorado com doces originais da região como o doce de leite. É muito provável que tenha chegado da Espanha pela mão de imigrantes andaluzes. Com a chegada dos espanhóis à América, este produto foi introduzido na região, especialmente pelas comunidades religiosas que foram estabelecidas para a missão e evangelização.

Alfajor

Nas Províncias Unidas do Rio da Prata foi introduzido em meados do século XIX, sendo um de seus pioneiros o francês Augusto Chammás, que chegou a essas margens em 1840, e em 1869 fundou uma pequena indústria familiar dedicada à confeitaria, entre elas o alfajor. A inovação introduzida por Augusto consistiu em fazer o alfajor na forma redonda.

No Uruguai, a indústria do alfajor está centralizada nos departamentos de Lavalleja, Maldonado e Montevidéu.

Sobre Lucas Fuente

Lucas Fuente é chef confeiteiro e atua dentro do universo gastronômico há 16 anos. Formado, principalmente pelo argentino Osvaldo Gross e o espanhol Oriol Balaguer, trabalhou em diversos restaurantes e hotéis 5 estrelas de Buenos Aires e renomados restaurantes do Rio de Janeiro.

Chef Lucas Fuentes

Em 2013, se estabeleceu em Montevidéu para fundar a fábrica de chocolate “Volverás a mí”, localizada na Ciudad Vieja (Pérez Castellano 1461) famoso bairro da capital uruguaia. “Comecei a cozinhar comida salgada, mas a vida e o amor à pastelaria me conquistaram e hoje me dedico apenas a isso. Além da confeitaria, eu adoro chocolate, comer e trabalhar com chocolate“, disse o chef em entrevista ao jornal uruguaio El País.

Em 2015 passou a participar de programas de televisão do país, em 2016 começou a dar aulas e ministrar cursos em diferentes workshops de cozinha itinerante, tanto no Uruguai como na Argentina. Atualmente é diretor gastronômico do La Obrería, que é apresentado como o primeiro espaço de cozinha participativa no Uruguai.

Sobre Ricardo Daudt

Empreendedor e apaixonado por confeitaria, aos 41 anos, Ricardo Daudt se destacou como um dos melhores confeiteiros do país, quando em 2018 foi o grande campeão da 4ª temporada do programa BAKEOFF, reality show transmitido pelo SBT.

Ricardo Daudt

Ricardo já demonstrava seu dom nos almoços de família auxiliando a mãe nos preparativos das sobremesas. Ainda, em São Leopoldo, alguns anos depois abriu a empresa Flor de Açúcar, especializada em doces finos e bolos com coberturas em pasta americana.

Morando em São Paulo atualmente, é um dos confeiteiros mais solicitados para ministrar cursos e palestras no Brasil, além de ter lançado seu próprio livro de receitas “Confeitaria Sem Mistérios”.


Tags:,



Elite Magazine




Post Anterior

Gray Malin estreia projeto de design experimental no Beverly Hills Hotel

Próximo Post

Santuário do Caraça reabre e atrai turistas de todo o país





Você também pode gostar de



0 Comentários


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais histórias

Gray Malin estreia projeto de design experimental no Beverly Hills Hotel

Fotógrafo de belas artes Gray Malin fez uma parceria com o Beverly Hills Hotel para a estreia de seu projeto de design experimental,...

15/07/2020