fbpx

Novidades

TARTUFERIA SAN PAOLO CRIA PRATO ESPECIAL E DOIS MENUS EXCLUSIVOS PARA O DIA DOS PAIS

Johnnie Walker aposta em parcerias e garrafas especiais para celebrar o Dia dos Pais

Desconstruindo para [re]construir

Abbraccio lança pratos com Brasato para celebrar Dia dos Pais

Dicas de harmonização, degustação e livros para comemorar o Dia Internacional da Cerveja

Grupo diRoma confirma datas para reabertura de empreendimentos

Meliá Hotels International reabre hotéis no Brasil e reforça novas medidas de segurança

Curaçao receberá PROTEUS, maior estação de pesquisas subaquática do mundo

Dia dos Pais: Receita de lasanha do Bistrô Charlô com mozzarela Búfalo Dourado para fazer em casa

Turismo sustentável: como diminuir os danos ao meio ambiente ao viajar no pós-pandemia

Pesquisa aponta que 30% dos moradores da região Sudeste mudaram planos de viagens para julho devido à pandemia

Dia dos Pais: Taboola analisa e tecnologia é um dos destaques nas buscas para a data comemorativa

La Pastina é a importadora oficial dos vinhos Mouton Cadet

Adria ensina como aproveitar cascas de legumes para enriquecer receitas

Malai Manso Resort completa 4 anos de história

Casa Grande Hotel Resort & Spa anuncia reabertura no dia 1° de agosto

The Dorchester em Londres promove Mario Perera a Chef Executivo

Seen São Paulo e Diageo ensinam de forma fácil como fazer drinks em casa

Pesquisa da Booking.com mostra Rio, Campos do Jordão e Monte Verde entre os destinos do Sudeste mais desejados pelos turistas do mundo

Sommelier de cervejas premiado lança clube de assinatura para beer lovers

Entre telas e taças: confira 5 bons filmes com vinhos no roteiro

Destaques / Gastronomia / LifeStyle / NightLife / Objetos de Desejo / Todos / 09/07/2020

Confira 5 bons filmes com vinhos no roteiro, para assistir no streaming ou na sua TV, em companhia de seu rótulo preferido ou de alguns da Concha Y Toro

Quem aí não ama um bom filme que gire em torno do universo dos vinhos? Principalmente agora, que estamos limitados a viajar para visitar vinícolas espetaculares mundo afora, vale se contentar com uma história fascinante e uma bela taça de vinho para acompanhar. A VCT – Vinícola Concha Y Toro , que recentemente disponibilizou conteúdo gratuito de um curso EAD para amantes do vinho através do link https://www.youtube.com/channel/UCH_ZwYUmBgnMhDzX7e444aA?guided_help_flow=3 e lançou em abril a campanha #continue , estimulando as pessoas a fazer o que mais gostam em companhia de seus rótulos preferidos, sugere 5 vinhos e 5 filmes para as semanas que ainda nos restam na quarentena.

Confere aqui!

1)Um bom ano –Russel Crowe interpreta um investidor da bolsa e herda de seu avô, o notável ator Albert Finney, uma bela vinícola na Provence. O filme ainda tem Marion Cotillard, para alegria dos fãs da bela atriz francesa. As paisagens são de tirar o fôlego, e a cada vez que uma taça de vinho aparece em cena, dá vontade de sair correndo abrir uma garrafa.

Vinho para acompanhar – Don Melchor, porque é um corte de grandes cepas francesas, é requintado e único, como a própria história deste filme adorável.

Nada menos que o célebre enólogo Enrique Tirado está por trás deste grande rótulo! Foi produzido com 93% Cabernet Sauvignon, 3% Cabernet Franc, 3% Petit Verdot, 1% Merlot e descansou 14 meses em barris de carvalho francês (55% novos e 45% de segundo uso). Temperaturas inferiores às da anterior, marcaram esta safra, também influenciada pelo fenômeno El Niño. Os solos pedregosos de Puente Alto contribuíram para a drenagem das chuvas no período de colheita, permitindo um amadurecimento equilibrado. De vermelho escuro profundo, este vinho esbanja elegância e fineza, e apresenta importante expressão aromática, na qual se destacam notas de frutas vermelhas pequenas. Em boca, um ataque suave que se perpetua com um perfeito equilíbrio de sabores e um final de boa duração, com destaque para taninos delicados e equilibrados. Teor alcóolico de 14%

2) Sideways– Amelia Chardonnay – Não bastasse a carismática atuação de Paul Giamatti, o filme conta ainda com Thomas Haden, protagonista da série HBO Divorce, em interpretação hilária. O enredo se baseia na história de Miles Raymond, aspirante a escritor que presenteia seu amigo em sua despedida de solteiro com uma viagem enoturística pela California. Ambos se envolvem com duas mulheres, sendo uma delas tão apaixonada por vinho quanto Miles Raymond. O filme ganhou Oscar de melhor roteiro, inclusive. Vale a pena rever!

Vinho para acompanhar: Amelia Chardonnay, porque traz uma emblemática cepa tão popular na California e evoca o fascínio de vinhos feitos com ela.

Com o enólogo Marcelo Papa à frente deste premiado rótulo, Amelia tem um novo visual e uma nova origem para a produção de seu Chardonnay. A nova origem de Amelia é o resultado da busca da vinícola chilena Concha Y Toro por vinhos com caráter, que expressam as características únicas que o Vale de Limarí contribui para a Chardonnay, proporcionando grande frescura, mineralidade e acidez equilibrada aos vinhos. O vale de Limarí está localizado na região de Coquimbo, a cerca de 300 km ao norte de Santiago. De cor amarelo cristalino e brilhante, este vinho é complexo e possui várias camadas de aromas de flores branca e pêra, além de notas minerais predominantes. É refrescante e apresenta uma excelente combinação de estrutura e mineralidade, com um atraente nível de salinidade, em seu final fresco e longo.

3) O Julgamento de Paris – Don Melchor – O filme relata a impressionante performance dos vinhos californianos que desbancaram a supremacia francesa e colocaram produtores do Novo Mundo no Olimpo dos críticos e experts de vinhos. O famoso “Julgamento de Paris” aconteceu em 1976.  No enredo, uma família de vinhateiros californianos à beira da falência, consegue colocar seu vinho nesta prova às cegas, arrematando a maior nota. E ainda tem os ótimos Bill Pullman e Chris Pine no elenco. Imperdível!

Vinho para acompanhar: Marques de Casa Concha Etiqueta Negra, porque traz na garrafa a elegância e a surpresa de um vinho complexo e notável, perfeito para acompanhar este filme intrigante

Elegante e complexo, com belos tons de vermelho escuro, o vinho tem corpo untuoso, com notas de cereja, salsaparrilha preta, cedro, amora e breu, além de um toque de grafite. Apresenta uma profunda concentração de sabores emoldurados por taninos intensos. Uma textura quase sedosa envolve sua estrutura tânica, que se destaca realmente no começo do longo final.

4) Sob o Sol da Toscana – Baseado em livro homônimo, o filme conta a história de Frances Maye, que foge para a Toscana ao descobrir que seu marido a trai. Além de belas paisagens desta região – uma das grandes produtoras de vinhos no mundo – as cenas sempre ganham a companhia de uma bela taça de vinho, elemento que compõe o pano de fundo e nos faz viajar pelo belo vilarejo toscano, em Cortona, onde as cenas são rodadas.

Vinho para acompanhar: Casillero Carménère, pela suavidade e o pomar de frutas e especiarias que traz, é uma boa companhia para rever este filme e suas belas paisagens. 

Guardado em barricas de carvalho americano, cor vermelho intenso, escuro e profundo sugere aroma de ameixas negras, especiarias e groselhas maduras, junto com chocolate, notas de café e tostado. Boa estrutura e suave na boca. A carmenere é uma variedade de cepa que desapareceu de seu lugar de origem, o Médoc, ao norte de Bordeaux, depois da peste filoxera, reaparecendo depois no Chile no final do século XX. Taninos suaves e redondos, o fazem ideal para acompanhar queijos maduros.

5) Caminhando nas Nuvens – Passados 4 anos da II Guerra Mundial, Keanu Reeves, que faz o papel de um vendedor de chocolates, se envolve com Vitoria Aragon, interpretada por Aitana Sanches Guijon. No cenário, o vinhedo Las Nubes se destaca, e o casal se apaixona durante a colheita de uvas. Ambos enfrentarão grandes desafios a partir daí para viver este grande amor.

Vinho para acompanhar: Marques de Casa Concha Cabernet Sauvignon, um vinho cheio de personalidade, com forte senso de origem, e que também passou por desafios de elaboração para chegar ao seu notável caráter.

Outra obra prima de Marcelo Papa, este Cabernet Sauvignon descansa em 16 barris de carvalho francês e em fudre piemontês de 5 mil litros, por 16 meses. Tem potencial de guarda para ser consumido até 2024 ou pode ser bebido agora. De cor vermelho profundo, sugere nas notas de prova cereja untuosa, salsaparrilha, cedro, amora, alcatrão e presença de fumaça. Possui grande concentração de sabores moldurados por seus taninos firmes. Uma textura suave, quase sedosa, que cobre a firme estrutura tânica subjacente, que realmente aparece no início do seu longo final.


Tags:,



Elite Magazine




Post Anterior

Os cinco vilarejos mais bonitos do Alentejo, em Portugal

Próximo Post

Conheça Rafaela Delbon: nome forte da nova geração da joalheria brasileira.





Você também pode gostar de



0 Comentários


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais histórias

Os cinco vilarejos mais bonitos do Alentejo, em Portugal

Região de Portugal conta com aldeias e vilas cheias de charme Os encantos alentejanos são muitos, mas não dá para negar...

08/07/2020