fbpx

Novidades

Experiência gastronômica única na horta orgânica do Bourbon Cataratas do Iguaçu Resort

Aviação Executiva: Flapper é destaque do Desafio Brasileiro de Inovação e Turismo

Pasta Party, delivery de comida italiana oferece experiência de cantina em casa

Levando a cultura do vinho para públicos diversos, Portus Cale lança catálogo de vinhos Kosher

Hopi Hari divulga programação de outubro

Galeries Lafayette Haussmann apresenta seu novo espaço infantil em Paris

Viagem independente pelo Arquipélago da Madeira

Emirates retoma voos para Johanesburgo, Cidade do Cabo, Durban, Harare e Ilhas Maurício, ampliando sua rede global para 92 destinos

A famosa marca italiana, Delizie di Calabria, chega ao Brasil

Grande Hotel Termas Araxá é cenário para casais em lua de mel que buscam por bem-estar

Agência de turismo focada em viajantes independentes lança série de roteiros para combater os efeitos colaterais da pandemia

Giorgio Armani lança residencial em Miami e Imobiliária Brasileira possui Exclusividade Comercial

Luca Guadagnino dirige o fashion film da coleção SS21 da Salvatore Ferragamo

Bvlgari apresenta sua coleção de Primavera/Verão 21 na semana de moda de Milão

Dia Mundial do Turismo: Viaje sem sair de casa!

Motocicleta Harley-Davidson® LiveWire® estabelece novo recorde mundial de velocidade em competição de corrida

Casa Grande Hotel e restaurante Thai são reconhecidos entre os melhores do mundo pelo TripAdvisor 2020

Patrimônio mundial da UNESCO: turistas têm 46 atrações à disposição na Alemanha

Novo escritório da Lufthansa no Brasil une conforto com modernidade

FIEVER lança novos modelos da linha BEAT

Ford Mustang GT: a ciência do ronco do motor V8

Automobilismo / Carros / Homepage / Objetos de Desejo / Todos / 14/05/2018

Com 4 nível de regulagem, a válvula ativa de escapamento é uma das tecnologias inovadoras do esportivo que acaba de chegar ao Brasil

O ronco poderoso do motor V8 é uma das assinaturas do Mustang GT que empolga os fãs e faz o carro ser notado em qualquer lugar. O novo modelo 2018, recém-lançado no Brasil, leva esse sentido a um novo patamar com a válvula ativa de escapamento, tecnologia avançada que também se baseia em conhecimentos ancestrais.

A descarga de adrenalina provocada pelo som do escape do Mustang GT usa o mesmo princípio que nos faz pular ao ouvir um trovão. A chamada resposta autonômica remonta à pré-história, quando os humanos aprenderam a reagir rapidamente a sons altos e poderosos, como o rugido de um leão ou a queda de uma árvore. Com o tempo, essa resposta de luta ou fuga para evitar o perigo foi transmitida ao nosso DNA.

A conexão entre os sons e as nossas reações emocionais chamou a atenção de um crítico de música do século 18 chamado Friedrich Marpurg, um dos primeiros nos tempos modernos a documentar as respostas emocionais provocadas por diferentes sons. Os engenheiros de áudio hoje exploram os mesmos conceitos ao criar sons para tudo, desde filmes e música até carros, celulares e eletrodomésticos.

“Nossa conexão com o som começa no ventre da nossa mãe, muito antes de outros sentidos”, diz Steve Venezia, veterano engenheiro de produção de televisão em Los Angeles. “Mais tarde, o som continua a ser um dos sentidos mais poderosos para criar memórias duradouras, como uma música que lembra um momento feliz da nossa vida.”

Além dos aspectos básicos do som – volume, tom, estruturas harmônicas simples ou complexas –, o truque para criar experiências sonoras empolgantes, segundo Venezia, começa com um som de base autêntico, adicionando-se então camadas para intensificar suas particularidades.

Assim, aquele toque familiar do seu smartphone não é mero acaso: ele foi projetado cuidadosamente para ser agradável e alegre, conforme a teoria de Marpurg.

DNA sonoro
Na Ford, os projetistas de áudio buscam outro tipo de som para criar a sensação de potência e desempenho. “Diferentemente de outras áreas da engenharia, que trabalham com especificações baseadas em números, trabalhamos para identificar o DNA sonoro que conecta os motoristas à emoção que eles esperam de cada carro”, diz Hani Ayesh, engenheiro de desenvolvimento de escapamento da Ford.

O sistema de escapamento ativo do Mustang GT é controlado por computador e abre válvulas – como um saxofone ou órgão de tubos – para adequar o som do carro ao humor do motorista. Ele tem quatro níveis selecionados por uma tecla no console: Normal, Esportivo, Pista e Silencioso, este último conhecido também como modo “bom vizinho”.

O engenheiro explica as diferenças fazendo uma analogia simples com uma guitarra. “Toque um acorde no violão e você terá uma onda de som simples e limpa – é o estilo suave de Brahms. Ligue a guitarra a um amplificador e aumente o volume para 11 e terá o som agressivo e estridente que realmente agita sua alma. Nós chamamos isso de modo Pista”, diz. “Quando pego meus filhos na escola, eles querem ouvir o ronco do motor. Mas minha esposa e vizinhos, nem tanto, e posso usar o modo ‘bom vizinho’ para eles ficarem contentes também.”


Tags:, , , , , ,



Elite Magazine
A Revista Elite há 18 anos cria e acompanha as tendências do mercado de luxo.




Post Anterior

MINI mostra renovados Hatch e Cabrio no Salão de Pequim

Próximo Post

O luxo da privacidade no The Haven by Norwegian





Você também pode gostar de



0 Comentários


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais histórias

MINI mostra renovados Hatch e Cabrio no Salão de Pequim

Uma combinação única entre condução divertida, qualidade premium e estilo personalizado caracterizam os modelos MINI,...

14/05/2018