Novidades

Marco De la Roche é o novo líder de bar do Riviera

Destaques / Gastronomia / Homepage / Todos / 07/12/2018

O mixologista é o responsável por trazer de volta o frescor da casa e assinar nova carta com drinques autorais para as comemorações de 70 anos do ícone de São Paulo

O Riviera Bar está prestes a completar 70 anos de história e tradição na noite de São Paulo e umas das primeiras ações comemorativas é a contratação do mixologista e mestre da coquetelaria Marco De la Roche para liderar o time de bar, sendo o responsável pelo treinamento e novas contratações da equipe. Além disso, o mixologista será responsável pela concepção da coleção “Riviera 70 anos” com drinques especiais.

A chegada do mixologista foi o primeiro passo também para a retomada do Riviera Bar na vanguarda da coquetelaria brasileira. Marco será responsável em trazer de volta todo o frescor e a cara que o Riviera Bar busca para retomar a boemia com criatividade e qualidade.

Apenas com horário de funcionamento noturno, a casa inicia sua nova proposta em exaltar a boêmia e a gastronomia. Os novos drinques – modernos e atuais –  chegam para conversar com esse momento, com os clientes tradicionais e novo público da casa.

Seis vezes premiado em diversos estados brasileiros com a melhor carta de drinques e com indicações como melhor bartender, De la Roche chega ao Riviera no seu melhor momento profissional e com uma bagagem extensa. São mais de 15 anos atuando na área, mais de 70 consultorias prestada à bares pelo Brasil e, há uma década como embaixador de marcas de bebidas como Absolut Vodka, Yvy Gin e 1883 Maison Routin e centenas de palestras realizadas dentro do universo da mixologia.

“O Riviera faz parte da minha memória paulistana. Quando era adolescente, lembro de meu pai dizendo que alí tinha um dos bares mais importantes do Brasil. Dessa forma, para mim, é uma honra e uma enorme responsabilidade colaborar com o mais uma, e talvez a maior etapa da história do Riviera. Tão poucos bares no país carregam quase um século e continuam tão charmosos e elegantes como o nosso #balcaovermelho. Vivemos nosso melhor momento hoje.” explica Marco.

A coleção “Riviera 70 anos”, com 7 criações comemorativa ao aniversário, tem o objetivo de contar a história do Riviera através de drinques mais modernos, sofisticados e ao mesmo tempo arrojados. Cada criação representa uma década da história da casa, misturando o momento da capital paulista e como o Riviera participa desse processo há setenta anos.

“Coleção Riviera 70 anos”

Década de 50: Chez Sois (Hendrick’s gin, Jerez fino, St. Germain, vinho rosé, elixir de Chartreuse, damasco e grapefruit – R$ 32,00)
Década de 60:Alegria, Alegria ( Cachaça Leblon, Cambusanto, Riva Mix, Pernod, shrub de caju, cítricos e mel –  R$ 32,00)
Década de 70: “Josefel Zanatás” (bourbon, tequila, carpano classico, Fernet, Cynar, Angostura e solução marinha – R$ 32,00)
Década de 80: Tédius Matrimonius (Yvy Mar gin, Cointreau, Maraschino, infusão de Clitória, lichia e limão siciliano – R$ 32,00)
Década de 90: O Rei do Café (Angostura 5 Años, Amaro Lucano, Chartreuse, Nespresso, 1883 Orgeat, abacaxi e limões –  R$ 32,00)
Anos 2000: Riviera Delivery ( Vodka, extrato de jambu, capim santo, limão siciliano e Red Bull Tropical –  R$ 32,00 )
Anos 2010: Composição II ( Yvy Mar gin em infusão de rooibos e ruibarbo, espumante brut, vermute, Campari, beterraba, sumagre e azeite gaseificados com Preshh- R$ 32,00)

coleção “Riviera 70 anos”

Chez Sois (Hendrick’s em infusão de damasco e amêndoas, Jerez fino, St. Germain, vinho rosé e elixir de Chartreuse – R$ 32,00), esse é o nome do drinque que abre a coleção comemorativa. Representando a década de 50, o Chez Sois tem como inspiração a origem do Riviera. Ainda com o nome de Chez, o endereço abrigava uma casa de chás para atender a alta burguesia paulistana e as madames da cidade.O drinque é uma alusão aos ingredientes alcoólicos típicos da época, que remete à hipocrisia da elite feminina paulistana, representado pela contradição de um coquetel potente servido em um delicado jogo de xícaras de porcelana inglesa.

Agitação cultural e social movimentam a década de 60 no Riviera. O momento de ouro do bar teve Chico Buarque, Elis, Caetano, Caruso e Laerte como clientes. O drinque Alegria, Alegria (Cachaça Leblon, Cambusanto, Riva Mix, Pernod, shrub de caju, cítricos e mel –  R$ 32,00), traz ingredientes potentes e corajosos e desafiadores assim como o Tropicalismo. Como referência, o estilo um brazilian tiki, vertente da coquetelaria que remete ao Caribe e Polinésia, o drinque será servido em um copo de porcelana artesanal, que poderia muito bem ser um dos trajes do Ney Matogrosso.

Um dos clientes mais cults da década de 70, José Mojica Marins, criou o seu personagem Zé do Caixão, ou Josefel Zanatás, nome de certidão de nascimento. Josefel, ou José Fel, trazia o Satanás – ao contrário – no nome.  Assim foi a década mais amarga e nebulosa que o Riviera enfrentou. O Josefel Zanatás (bourbon, tequila, Carpano classico, Fernet, Cynar, Angostura e solução marinha – R$ 32,00) leva gotas  de solução marinha – ou as lágrimas dos que atravessaram os mares -, brinca com demônios dentro de nós e só deve ser bebida por aqueles que estão preparados para terem sua alma levada à meia noite.

A geração da década de 80 será sempre lembrada como confusa, umas das mais divertidas e mais cafonas, pelas pistas de danças, neon, punk e os djs. Nesse período também, foi lançado “Cocktail”, filme estrelado pelo ainda iniciante ator Tom Cruise. É nos anos 80 que nasce e morre Rê Bordosa, personagem histórica do cartunista Angeli, que segundo ele, teve um encontro inesquecível com a própria Rê no banheiro do Riviera. A jovem, representatividade da juventude dos anos 80, certo dia resolveu casar. O resultado não poderia ser outro. A causa da morte de Rê Bordosa foi Tédius Matrimonius (Yvy Mar gin, Cointreau, Maraschino, infusão de Clitória, lichia e limão siciliano – R$ 32,00). O coquetel remete à balbúrdia da época, quando o tropical doce, colorido e descompromissado toma conta dos bares. Assim como o neon, o elemento secreto desta receita é a flor tailandesa que muda da cor azul para rosa em contato com cítricos. Esse é o drinque que explodiria Rê Borosa para todo o sempre!

Sabores típicos italianos como amaro e espresso transformam O Rei do Café (Angostura 5 Años, Amaro Lucano, Chartreuse, Nespresso, 1883 Orgeat, abacaxi e limões –  R$ 32,00) em uma receita complexa e disruptiva. O drinque que representa a década de 90, mostra a influência da imigração italiana na sociedade paulistana, seus hábitos como o consumo de espresso, vermutes e amaros e a consolidação do Brasil como maior exportador de café mundial e da expansão cafeeira.

Mesmo que o Riviera Bar tenha ficado fechado no período de 2006 a 2013, foi nesse momento  que a cidade faz uma revolução nos hábitos de consumo. São Paulo se transformou na capital mundial gastronômica, o descobrimento da culinária Amazônica, o modelo de delivery que nos acostumamos tanto e o hábito de consumir vodka com energético. Em homenagem ao ínício do século XI, Marco De la Roche criou o Riviera Delivery (Vodka cítrica, extrato de jambu e capim santo, limão siciliano, Zulu Bitters e Red Bull Tropical R$ 32,00)

Encerrando a coleção re representando a década atual, o Composição II ( Yvy Mar gin em infusão de rooibos e ruibarbo, espumante brut, vermute, Campari, beterraba, sumagre e azeite gaseificados com Preshh- R$ 32,00) faz referência  à obra mais importante do pintor holandês Mondrian, ícone do abstratismo e cubismo moderno.
Assim é como “Composição II em vermelho, amarelo e azul”, obra que retrata o neoplasticismo criado pelo pintor, o drinque agrada ainda que não seja compreendido em forma e substância. Desta maneira, conecta-se com algumas das maiores tendências da alta coquetelaria dos próximos anos: o minimalismo, a simplicidade,abstracionismo, a ruptura dos padrões e a ação objetiva de prazer.

Carta de Drinks para o Riviera

Serviço:

Avenida Paulista, 258
Horário de funcionamento: de segunda a quarta das 18h à 0h e de quinta a sábado de 18h às 3h
Telefone: (11) 3258 1268 / Reservas: (11) 97360-7672
Capacidade do restaurante:  120 pessoas
Aceita cartões de crédito? Quais? Visa, Master e Amex
Cartões de débito? Quais? Visa, Master e Elo
Vale-refeição? Sim Quais? Alelo vale, Visa vale
Ar condicionado? Sim,
Acesso a deficientes? Sim / Banheiro adaptado? Sim
Estacionamento? Não
Valet / Valor ? Sim, R$ 30,00
Wi-fi? Sim


Tags:, ,



Elite Magazine
A Revista Elite há 18 anos cria e acompanha as tendências do mercado de luxo.




Post Anterior

Delta Q dá dicas de presentes para os apaixonados por café

Próximo Post

Vinícola Góes lança Saint-Tropez, uma linha de espumantes elaboradas com uvas viníferas paulistas





Você também pode gostar de



0 Comentários


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais histórias

Delta Q dá dicas de presentes para os apaixonados por café

É chegada a hora de escolher os presentes de fim de ano para amigos-secretos e Natal e quando estas pessoas são apaixonadas...

06/12/2018