fbpx

Novidades

Volvo Car Brasil avança entre os híbridos e ocupa mais de 71% entre os modelos plug-in hybrid

Transforme 2021 no ano do autocuidado com dicas de bem-estar do Four Seasons

Porsche mantém sucesso nas vendas no 1° trimestre de 2021

Processo Seletivo da Portland é expandido para todo o Brasil

Península Valdés: voltaram as orcas que encalham de propósito para comer

Land Rover apresenta o Discovery 2021, o SUV familiar versátil, com novo design, mais eficiência e conectividade

Eataly apresenta descontos especiais pós-Páscoa

Emirates reafirma foco no cliente em recentes atualizações de políticas

Estreia mundial online do Audi Q4 e-tron

FIEVER lança sua campanha de inverno21

Audi A6 tem nova versão com premiado motor 2.0 disponível para o mercado brasileiro

Lavvi e Versace Home apresentam parceria no Brasil

Férias com os pets: uma prioridade para os viajantes se divertirem com seus animais de estimação

Votorantim Cimentos aumenta a presença de mulheres na sua Governança Corporativa

Saiba como usar três novos recursos do Galaxy Tab S7 para aprimorar a conectividade e facilitar a rotina

Vivara apresenta nova Coleção Vivara V com Gisele Bündchen

Freixenet sugere drinks com Cavas para o Outono em parceria com o mixologista Alê D’ Agostino

Rede Tierra Hotels lança informativo sobre os pumas, verdadeiras atrações turísticas da Patagônia Chilena

Três rotas do vinho pouco conhecidas na Argentina

Passageiros do Scenic Eclipse poderão assistir a eclipse solar a bordo

Museu do Caraça é reaberto para o público

Todos / Viagens / 25/11/2020

Visitante pode fazer uma imersão na história com passeios guiados e conhecer alguns dos objetos que ficaram intactos após o incêndio de 1968

O Santuário do Caraça (Estrada do Caraça, Km 9 – entre os municípios de Catas Altas e Santa Bárbara) é um dos destinos turísticos mais procurados do país. No entanto, muito além de toda a sua riqueza natural e a vasta gastronomia, o lugar traz consigo histórias marcantes, como exemplo, a do Museu com objetos do Colégio do Caraça. A instituição de ensino, que foi caracterizado por sua seriedade e qualidade nos métodos educacionais, teve alunos ilustres, como, dois presidentes da República, Afonso Pena (1906 a 1909) e Artur Bernardes (1922 a 1926), além de governadores, senadores, deputados e autoridades eclesiásticas.

Mas, não somente de glórias e muitas alegrias viveu o Colégio do Caraça, já que na madrugada do dia 28 de maio do ano de 1968, um pequeno fogareiro elétrico, esquecido ligado, inflamou e deu início ao incêndio que marcaria o último dia do tradicional Colégio. Após contido o enorme incêndio que ficou marcado na mídia brasileira, das ruínas se ergueu o Museu do Colégio do Caraça, que ainda guarda consigo, lembranças de como era tudo ali. Para a alegria dos visitantes que estavam impedidos de ir ao local por causa da Covid-19, o museu reabre as portas com direito a visita guiada para conhecer toda a história e objetos do local, com taxa de R$5 por pessoa.

Museu do Caraça

De acordo com Márcio Mol, gerente geral do Caraça, essa é uma oportunidade para que os visitantes que tanto queriam conhecer o local, possam aprender mais sobre a história, já que tantos objetos da época do colégio, ainda estão lá. “Vários artefatos utilizados na época por estudantes ficam em exposição.  A Grade curricular mostra um pouco da rotina dos estudantes, além disso, temos equipamentos máquinas de escrever que eram utilizadas pelos padres, várias máquinas de costura e de sapataria para produção própria de uniformes e sapatos para todos e claro, alguns móveis, como escrivaninhas e estantes que resistiram ao incêndio do ano de 1968”, comentou.

Segundo Márcio Mol, além dos objetos, como camas e estantes, o museu ainda tem bem preservado, itens, como vinis antigos, que vinham com aulas de idiomas diversos, tais como inglês, francês e latim. Com a visita guiada, ele afirma que o visitante vai viajar no tempo. “Em uma parte do Museu, temos vários aparelhos de rádios e radiolas que foram utilizadas, como parte dos trabalhos educacionais com os alunos que passaram pelo local. Muitos vinis, alguns com rotação 78, que eram mais grossos e pesados, com gravações de aulas e alguns com hinos da época. Um ponto bem interessante para quem gosta de vinis, já que muitos que estão preservados no local, eram coloridos, sendo alguns azuis e vermelhos. Tenho certeza de que todos que vierem ficarão empolgados com as histórias contadas pelos monitores”, completa.

Com a reabertura do Museu do Colégio do Caraça, o gerente adiciona que será uma chance de atrair o olhar de quem ainda não teve a chance de ir ao Caraça. “Temos a certeza que agora, com a visita guiada, as pessoas se sentirão mais confortáveis em não apenas visitar, mas em levar consigo uma bagagem enorme e cultural do que foi o colégio, os objetos que ali estão e sua importância para a história do país. Além disso, é a chance de descansar a mente da correria da cidade grande”, conclui.

Serviço

Santuário do Caraça

Local: Estrada do Caraça, Km 9 – Entre os municípios de Barão de Cocais, Catas Altas e Santa Bárbara – CEP 35960-000

Fácil acesso pelas rodovias BR 381 e MG 436, além do cômodo acesso por trem

(Estação Dois Irmãos – Barão de Cocais)

Taxa para visitação ao Museu: R$5

Taxa de entrada no Santuário do Caraça: a partir de R$ 14,00 (em dias de semana)

 Site com opções de hospedagens: https://www.santuariodocaraca.com.br

Facebook: https://www.facebook.com/complexosantuariocaraca/

Reservas: centraldereservas@santuariodocaraca.com.br


Tags:



Elite Magazine




Post Anterior

Pivô promove seu 9º Leilão Anual

Próximo Post

Montblanc x Pirelli: edição limitada de malas de bordo chega ao Brasil





Você também pode gostar de



0 Comentários


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais histórias

Pivô promove seu 9º Leilão Anual

Principal fonte de financiamento da instituição Pivô ganha formato online O Leilão Anual do Pivô é um dos eventos...

24/11/2020