fbpx

Novidades

Princípios e dicas para o sucesso que todo DJ precisa aprender

Destaques / Homepage / Música / Todos / 18/07/2019

Os DJs Pedro Sabie e Rodrigo Sá contam
o que é primordial para seguir a carreira

Pedro Sabie circula pelos eventos e casas noturnas mais badaladas e luxuosas de São Paulo. Aos 21 anos, tornou-se DJ profissional e fundou a Stage Produções, especializada em produção de eventos e locação de equipamentos.
Rodrigo Sá, além de DJ também é cantor, compositor e instrumentista. Seu DNA é marcado pela brasilidade e isso resultou no projeto Som du Bom, que resgata grandes hits brasileiros em versões remixadas.
Pedro e Rodrigo, que somam mais de 30 anos de experiência no ramo, listaram o que é primordial para quem almeja seguir carreira como DJ, incluindo algumas dicas que podem beneficiá-lo(a).

  1. Dedique tempo ao trabalho de DJ todos os dias.

De acordo com Pedro, a consistência é fundamental para a carreira. “Reserve um tempo para ouvir músicas, organizando e analisando os sons por estilos, BPM, compatibilidade harmônica, etc. Você perceberá que as suas habilidades melhorarão consideravelmente, já que você aprenderá novos truques e técnicas. Afinal, quanto mais treino, estudo e dedicação, melhor será a sua performance como DJ”, destaca.
Sá pontua que formação de repertório é essencial. “A playlist pode mudar dependendo da natureza do evento. Se é baile, sunset, festão, corporativo… É preciso estar antenado e em sinergia com o público. Ter versões próprias e dinâmica na apresentação também é um diferencial”. Para estar por dentro, vale tudo: escutar sets de outros DJs, imersão escutando obras completas, visitar diversos ritmos, criar playlists próprias… “Hoje em dia eu escuto mais música do que nunca. Essa semana estou revisitando Stevie Wonder”, compartilha.

Pedro Sabie
Crédito: Ali Karakas

  1. Invista em cursos e busque referências

Rodrigo acredita que a experiência de tocar instrumentos musicais e ter criado diversos repertórios nesses anos de show o ajudou a entrar no mundo dos DJs de forma mais consciente. “Além de fazer uma escola especializada no assunto com bons mentores, acho que ter aulas de instrumento musical faz diferença. Isso ajuda a ter noção de bpm (batidas por minuto) e tom de músicas”, sinaliza. Para quem quer se especializar, ele indica o curso DJ Ban. “ Fiquei um ano produzindo em estúdio antes da minha primeira apresentação como DJ”.
Para Pedro, é super importante tentar dominar toda a técnica referente ao seu trabalho e continuar aprendendo tudo o que puder sobre ele. “É essencial fazer cursos de mixagens e aprender a tocar no vinil. Eu comecei brincando nas festas entre amigos e fazendo cursos, até que foram surgindo os convites para tocar em festas e baladas”, diz.  Existem, ainda, livros e documentários que podem servir de inspiração para quem quer seguir na carreira. “Eu gosto da obra de Claudia Assef, chamada Todo Dj já Sambou, além do documentário chamado Pump up The Volume, que conta a história da house music.

Rodrigo Sá

  1. Valorize seu material

A dica do Pedro é pensar que cada trabalho meche com matérias primas. A matéria-prima do DJ é a música, então cuide dela. “Siga seu feeling e seja autoral. Quem fugir do comum irá se destacar”, aponta.
Segundo Sá, a escola do funk é diferente do eletrônico, que é diferente do axé, mas chega uma hora que todas se cruzam. “É preciso conseguir ter clareza para buscar o diferencial, mas sobretudo o encontro é com os próprios sentimentos. Se te move e emociona, também vai emocionar e mover outras pessoas. Faça com paixão”, completa.

  1. Se comprometa com a sua carreira

Por fim, Rodrigo destaca a importância de, antes de buscar o destaque, saber ser feliz em todas as fases do processo. “Os softwares, as metodologias, a forma como se produz, como se toca e até mesmo o gosto musical das pessoas, tudo isso está em constante mudança e evolução”, diz. “É preciso aprender a nadar nessa maré e entender os níveis de cada processo dentro do que está buscando”.
Conforme Sabie complementa, é necessário ser comprometido com a sua carreira, pois ela se constrói no dia a dia, com muito esforço, dedicação e superação. “Não desista no primeiro “não” que você receber. Continue trabalhando duro e os resultados aparecerão a longo prazo”, conclui.


Tags:, ,



Elite Magazine
A Revista Elite há 18 anos cria e acompanha as tendências do mercado de luxo.




Post Anterior

Nova York abre reservas para a Restaurant Week

Próximo Post

SIRENA EXOTIC COLLECTION, A NOVIDADE DA OCEANIA CRUISES





Você também pode gostar de



0 Comentários


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais histórias

Nova York abre reservas para a Restaurant Week

Programa gastronômico que leva a assinatura da NYC & Company retorna aos cinco distritos entre 22 de julho e 16 de agosto A...

18/07/2019