Novidades

Rede de barbearia aposta no mercado de franquia para crescer mais de 100% em 2018

Homepage / Negócios / Todos / 28/02/2018

Em 2014, quando Rodrigo Guimarães abriu sua primeira loja no Shopping Barra Garden (RJ), não fazia a menor ideia do trunfo que tinha em mãos, um negócio com alto potencial que logo se expandiu para outros bairros do Rio de Janeiro e conquistou São Paulo

Rodrigo Guimarães fundou a rede de barbearias Club Men Salon em 2014, aos 25 anos, após voltar de uma viagem aos Estados Unidos, onde conheceu as chamadas barbearias gourmets. Rodrigo percebeu uma lacuna no setor de vaidade masculina e resolveu preenche-la com um espaço que oferece serviços de beleza para homens, moda e entretenimento, tudo em um só lugar.

“Meu pai é dono de salão de beleza feminino.  A ideia surgiu da minha necessidade pessoal mesmo. Sempre fui vaidoso, mas não me sentia à vontade lá. Não era um ambiente convidativo para homens. Nesse cenário atual de beleza, eu sentia falta de salão só pra homem, um salão de beleza mesmo, com serviços de estética, mas tudo voltado para os homens. Foi então que pensei no modelo de barbearia gourmet oferecendo serviços muito além de barba, cabelo e bigode aliado a muita diversão para a rapaziada.” comenta Rodrigo.

Ao longo desses três anos a marca cresceu, Guimarães resolveu então apostar na expansão e transformou o negócio em franquia. A rede conta com uma unidade própria e oito franquias. A mais nova loja vai inaugurar no mês que vem no Guarujá, em SP. Para ser um franqueado Club Men Salon o valor de investimento é de R$260 mil e a rentabilidade do negócio gira em torno 6,11%, que traduz um elevado grau de taxa de retorno de investimento, já que a média alcançada pelas micro e pequenas empresas gira em torno de 2 a 4% ao ano, segundo a ABF. O prazo de retorno avaliado pela Atrium Consultoria é de 18 a 24 meses e o lucro líquido mensal é de aproximadamente R$20 mil.

A empresa oferece suporte completo para o franqueado em diferentes áreas para que ele esteja caminhando na direção correta desde o início do seu empreendimento, mantendo o padrão de qualidade estabelecido pelo criador da rede. Além disso, o empreendedor recebe um manual de cessão da marca com as orientações necessárias e diretrizes para preservar a identidade do negócio.

“A proposta é que o cliente sinta-se bem no nosso clube em qualquer lugar do Brasil. O toque acolhedor e serviço de excelência fazem parte da nossa cultura empresarial.”, pontua Guimarães.


Tags:, , , ,



Elite Magazine
A Revista Elite há 18 anos cria e acompanha as tendências do mercado de luxo.




Post Anterior

Navegue por dois oceanos e dê uma volta completa na imensidão australiana

Próximo Post

Páscoa luxuosa na Montanha





Você também pode gostar de



0 Comentários


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais histórias

Navegue por dois oceanos e dê uma volta completa na imensidão australiana

Cruzeiro de 36 noites no Seven Seas Mariner visita 14 portos australianos, com saída em dezembro de 2018 A Regent Seven...

27/02/2018